Pages

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Rank Número 1

2 comentários
 


Um duelo de feras, de craques suecos do mundo manager. Rösta på HAJENS time que está em 4º no rank recebe em casa o Jum Jum Give Me Some que é agora o numero 1 do mundo (fevereiro de 2008). Um jogo com táticas adversas, o time da casa joga com ataque pelas laterais e o time de fora com passes curtos e jogadores centralizados. Muitas emoções nos aguardam, a partir de agora você vai aprender com os gigantes do Managerzone.

Rösta på HAJENS: Joga com um 4-2-3, 3 zagueiros e 2 volantes. No meio 2 joadores alinhados e centralizados. E no ataque o diferencial, um meia ofensivo que fica atrás dos dois atacantes, que tem a função de articular as jogadas de ataque e os jogadores ofensivos estão na lateral direita dificultando a defesa do adversário.

Jum Jum Give Me Some: Formação em 5-3-2, 3 zagueiros e 2 volantes. No meio 2 jogadores centralizados e um meia ofensivo. Ataque centralizado. Esse é o um daquele times que aposta muito na força de seus jogadores. E deve ter jogadores excelentes, pois o time é o numero 1 do rank.

O jogo foi disputado no dia 30/01/2008 ás 9 e 30 da manhã, pela série Allsvenskan da Suécia.

Jogo:

Primeiros 10 minutos e as chances são todas do Rösta på HAJENS que usa seu ataque delocado para armar grandes jogadas pelo lado direito. Todo o time parece ter a combinação de sempre cruzar para o Karl-Johan Tunberg (camisa 10) e é por ele que passa todas as jogadas de ataque.
Passados 20 minutos a defesa do Jum Jum Give Me Some começa a se comportar bem, evitando varias jogadas do adversário. É nesse momento que um outro nome começa a surgir no jogo, o atacante estrangeiro (camisa 15) do Jum Jum Give Me Some que se mostra lutador lá na frente, inferniza a zaga adversária e a vida do goleiro.

Rösta på HAJENS dava a entender, no seu desenho tático, que viria a campo com jogadas laterais, por posicionar seu ataque na área direita do campo. Mas com o decorrer do jogo o time se mostra usando passes curtos, pois o ataque fica trocando passes no canto do campo sem que aconteça o cruzamento para dentro da área. Em minha opinião foi aí o grande erro cometido pelo dirigente. A tática funcionou corretamente o ataque conseguiu se desvencilhar da defesa, mas ficou sem o dinamismo que uma tática com jogadas laterais teria. Ou seja, o time deveria posicionar o camisa 9 dentro da área e manter o 10 e o 11 ali no canto direito apenas para receber a bola e mandar para dentro da área em busca do gol.

Para mim o atacante matador, o homem da decisão, deve ser limitado na área de passe. Deve ter velocidade, resistência, inteligência, chute, controle de bola, cabeceio, experiência e chega. Nada mais do que isso. Esse foi o problema enfrentado, varias vezes, pelo Rösta på HAJENS. Seu atacante camisa 9 chegou varias vezes na cara do gou e como ele deve ter um bom passe curto ou longo resolveu mostrar para a torcida, na hora H, que sabe passar e o que ele fez, passou a bola lá para trás para o meio campo que não tinha nada haver com a jogada. Isso é muito engraçado para nós. Mas não deve ser para o dirigente, que deve gritar vários nomes em relação ao artista da palhaçada.

Os gols da partida saíram apenas no segundo tempo. O primeiro foi do time numero 1 do mundo e saiu dos pés do lutador estrangeiro (camisa 15) em um rebote dentro da área adversária. O segundo gol foi a cópia do primeiro, para o Jum Jum Give Me Some, e ele novamente, matador camisa 15, marcou em um novo rebote dentro da área. O gol do Rösta på HAJENS saiu de um escanteio no final da partida o volante Oskar Rosin (camisa 3) estufou as redes.

Comentário final:

Era de se esperar um jogo muito equilibrado por parte desses grandes times do mundo do Managerzone. O favoritismo prevaleceu e cedeu a vitória para o Jum Jum Give Me Some. Rösta på HAJENS ousou e poderia ter saído com a vitória sendo a equipe que mais teve chances de gol. Gostei muito do ataque deste time que deslocou a defesa adversária colocando seu ataque todo para o lado direito do campo. Mas eu teria usado um tática com jogadas laterais. No mais foi uma grande partida e com muitos ensinamentos.


Sobre o Autor:
Guilherme Ferreira Guilherme Ferreira é radialista e estudante de jornalismo. Apresenta o programa Fã Clube da Rádio Gazeta sempre aos domingos 13h. Blog criado em março de 2011 e traz informações sobre os artistas do sertanejo universitário, bandas de bailão e tchê music.

2 Responses so far.

  1. Jum Jum Give Me Some jogou em 5x3x2 (você colocou 4x3x2 - não fecha). Valeu pelas dicas

  2. Obrigado amigo...acabei de corrigir...abraço!!!!